Menu
Comente Comente esta notícia |Compartilhe Compartilhar no Facebook Twitter Instagram Indicar para amigo

Confira teste do Gol aventureiro

A opção Rallye na linha 2014 conta com visual diferenciado

Para ser um líder de vendas, apresentar qualidades como confiabilidade, resistência e facilidade de revenda é fundamental. Mas possuir diversas versões também ajuda. Essa é a estratégia que a Volkswagen adota com o Gol Rallye, versão aventureira do seu camepão de vendas, que chega agora à sua quarta geração.

Visualmente, a principal mudança do novo modelo em relação ao Gol convencional é a maior altura do solo (28 mm), sendo que 23 mm foram obtidos por conta de mudanças na suspensão e 5 mm graças à adoção de pneus 195/50 R16. Molas e amortecedores, de acordo com a fabricante, são exclusivos da versão.

Além de ser mais alto, o Gol Rallye também traz diferenças estéticas, como o para-choque dianteiro, cuja parte inferior é pintada de preto e traz incorporada dois grandes faróis auxiliares. A grade frontal também tem acabamento diferenciado. Um inserto prateado na parte de baixo do conjunto completa o visual.

Lateralmente, as capas dos retrovisores têm acabamento que imita cromado, enquanto as maçanetas são pintadas na cor da carroceria. Há também um grande inserto prateado na parte inferior da carroceria. As rodas exclusivas têm aro 16".

Por dentro, o Gol Rallyer exibe acabamento diferenciado, com a pedaleira esportiva e comando das luzes por interruptor rotativo, como nas versões mais caras do Gol. O câmbio pode ser manual ou robotizado I-Motion (opcional).

O motor é o conhecido - e confiável - 1.6 VHT da família EA 111, com 104 cv e 15,6 mkgf de torque (com etanol). Assim, não causou surpresa o fato de o modelo ter obtido resultados muito próximos dos registrados pelo Gol convencional. Da mesma forma, o comportamento dinâmico do Rallye não exige adaptações por parte do motorista, mesmo com a maior altura em relação ao piso.

Já à venda a partir de R$ 45 850, o VW Gol Rallye é uma boa opção para quem busca uma versão diferenciada do carro mais vendido do país ou para os fãs das conhecidas qualidades do Gol e que desejam - ou precisam de - ainda mais robustez.

Média: 7,3
Para quem  deseja um carro com mecânica robusta, bem equipado de série e com visual diferenciado, o novo Gol Rallye é uma opção interessante, tanto na versão manual quanto na com câmbio automatizado I-Motion. - Wilson Toume

Nossas medições
Aceleração 0-100 km/h: 11s2
Retomada 60-120 km/h em 4ª: 16s3
Frenagem 80 a 0 km/h (m): 27,3
Consumo cidade (km/l): 6,8
Consumo estrada (km/l): 10,1
Ruído a 120 km/h em 5ª (dB): 68,4

Seu Bolso 
Preço (carro testado): R$ 45 850
Desvalorização (1 ano): 14,1 %
Garantia: 1 ano
Financiamento (taxa mensal): 1,3%
parcela (50% de entrada + saldo em 36x): n/d
IPVA (4%): R$ 1 834
Seguro: n/d
1ª revisão: R$ 196
Versão básica: R$ 45 850 

Dados da fabricante
Motor 4 cilindros, dianteiro, transversal, flex; Cilindrada 1.598 cm3; Potência 104 cv (E) a 5 250 rpm; Torque 15,6 mkgf (E) a 2 500 rpm ; Câmbio manual, 5 marchas; Tração Dianteira; Comprimento 3,92 m; Largura 1,66 m; Altura 1,49 m; Entre-eixos 2,47 m; Porta -malas 285 l; Peso 1.018 kg

Gol Track: o aventureiro 1.0 a partir de R$ 33.210
Seguindo a mesma linha do Rallye, a Volkswagen tratou de incorporar uma inédita versão aventureira ao portfólio do seu best-seller: o Track, que pode ser considerado o "irmão caçula" do primeiro, já que possui apenas motor 1.0.

E, assim como o Rallye, o novo modelo traz, como principal diferença em relação aos demais, a maior altura do solo, mas de apenas 23 mm, por conta de mudanças na suspensão. Os pneus do Track são de uso misto, na medida 175/70 R14.

O motor, como já foi mencionado, é o 1.0 TEC Total Flex, com 76 cv e 10,6 mkgf de torque. O câmbio, por sua vez, é manual de 5 marchas. Por conta disso, o desempenho é similar ao do Gol 1.0 convencional.

Visualmente, a novidade se diferencia pelos insertos na cor preta no para-choque dianteiro e nas caixas de roda, além das calotas especiais. Rodas de liga leve só estão disponíveis como opcionais.

Já na parte interna, as mudanças ficam por conta das cores do acabamento. Direção hidráulica, duplo airbag, freios com ABS e acionamento elétrico dos vidros dianteiros são alguns dos itens de série. Já o rádio com CD player e MP3, travamento central com controle remoto e chave tipo canivete são encontrados apenas como opcionais.

Dados da fabricante
Motor 4 cilindros, dianteiro, transversal, flex; Cilindrada 999 cm3; Cabeçote 2 válvulas por cilindro; Potência 76 cv a 5 250 rpm; Torque 10,6 mkgf a 3 850 rpm; Câmbio manual, 5 marchas; Tração dianteira; Rodas aço estampado, aro 14"; Suspensão dianteira McPherson; Suspensão traseira eixo de torção; Comprimento 3,91 m; Largura 1,66 m; Altura 1,49 m; Entre-eixos 2,47 m; Porta-malas 285 l; Peso 974 kg. Fonte: Carroonline

Querendo comprar um volkswagen gol? Clique aqui e confira algumas ofertas da volkswagen que separamos para você.



Clique aqui, curta a fanpage do INFOCARRO no Facebook e fique por dentro das principais notícias automotivas.
Siga o INFOCARRO no TWITTER: @INFOCARRO

Fotos:

Comentários:

Clique aqui e seja o primeiro a comentar esta notícia!
Comente Comente esta notícia |Compartilhe Compartilhar no Facebook Twitter Instagram Indicar para amigo
Veibras

Infocarro nas redes sociais