Menu
Comente Comente esta notícia |Compartilhe Compartilhar no Facebook Twitter Instagram Indicar para amigo

Mclaren lança GT V8 de 620 CV

com consumo de Hyundai HB20.

Mclaren lança GT V8 de 620 cv com consumo de Hyundai HB20.
Novo esportivo da marca tem a missão de percorrer distâncias continentais. Por isso ele pesa menos que um Renegade e tem mais potência que um Audi RS 7.
Preço do novo Mclaren GT é de R$ 845 mil.
A McLaren revelou o novo Grand Turismo de seu portfólio, modelo que faz parte do plano Track25, que pretende mudar os negócios da empresa até 2025. O modelo já pode ser encomendado nos Estados Unidos e Europa, custando US$ 210 mil (R$ 845 mil, sem impostos). O GT tem a missão de ser o carro que pode cruzar um continente com conforto, esportividade e até economia de combustível quando comparado a outros modelos da categoria.  Quem colocar um desse na garagem terá um Grand Turismo com motor V8 4.0 biturbo longitudinal de 620 cavalos e 64,2 kgfm de torque. Para ter noção, o Audi RS 7 performance, um cupê esportivo de quatro portas capaz de abrigar até quatro passageiros também é equipado com um V8 4.0 biturbo e entrega 605 cv. A transmissão é automática de sete marchas e tem modos de condução Comfort, Sport e Track (pista).
O esportivo tem autonomia de 666 quilômetros, segundo a McLaren, apresentando consumo médio de 6,8 km/l na cidade e 11,4 km/l na estrada - lembrando que ele só bebe gasolina. Um Hyundai HB20 1.6 tem média de 10,9 km/l na estrada (etanol). O tanque de 72 litros é grande, quase o mesmo que o de uma picape média (a Chevrolet S10 tem 76 l).
RODAS TÊM ARO 20 NA DIANTEIRA E 21" ATRÁS.
"O novo McLaren GT combina níveis de desempenho com a capacidade de cruzar um continente, envolto em um corpo bonito e fiel ao espírito da McLaren de projetar carros superleves com uma clara vantagem de peso sobre os rivais. Projetado para percorrer grandes distâncias, proporciona o conforto e o espaço esperado de um Grand Tourer, mas com um nível de agilidade nunca antes experimentado nesta categoria. Em suma, este é um carro que redefine o segmento de uma forma que apenas um McLaren poderia ", disse o CEO da empresa, Mike Flewitt.
Por falar em peso, o GT tem apenas 1.530 kg, praticamente o mesmo peso de um Jeep Renegade (1.674 kg) e isso só foi possível porque o chassi utiliza bastante fibra de carbono e alumínio em sua composição. Essa massa está distribuída na proporção 42,5% na dianteira e 57,5% na traseira, uma vez que seu porta-malas de 570 litros também é dividido: 150 l na dianteira e 420 l na parte de trás.
O esportivo tem 4,68 metros de comprimento, 1,21 m de altura, 2,09 m de largura e 2,67 m de entre-eixos. O GT calça pneus Pirelli PZero 225/35 e utiliza rodas de 20 polegadas na dianteira. Já no eixo traseiro os pneus são de medida 295/30 com rodas aro 21.
Com tudo isso a novidade da marca inglesa é capaz de acelerar de zero a 100 km/h em 3,2 segundos e de zero a 200 km/h em 9,0s. Não é possível comparar um Sandero R.S. 2.0 aspirado com o McLaren GT, mas o esportivo nacional da Renault acelera de 0 a 100 km/h em 8 segundos, praticamente o tempo que o GT leva para dobrar a velocidade.
A máxima é de 326 km/h, mas a marca não divulgou ainda quais cores e níveis de personalização estarão disponíveis, incluindo opcionais. Porém, com os dados divulgados, a diversão estará garantida para quem estiver no banco do motorista. Se o intuito do GT é viajar, o passeio já vai começar muito bem.
Fonte: Autoesporte.Por: Vinicius Montoia, 15/05/2019 11h36.



Clique aqui, curta a fanpage do INFOCARRO no Facebook e fique por dentro das principais notícias automotivas.
Siga o INFOCARRO no TWITTER: @INFOCARRO

Fotos:

Comentários:

Clique aqui e seja o primeiro a comentar esta notícia!
Comente Comente esta notícia |Compartilhe Compartilhar no Facebook Twitter Instagram Indicar para amigo
Veibras

Infocarro nas redes sociais