Menu
Comente Comente esta notícia |Compartilhe Compartilhar no Facebook Twitter Instagram Indicar para amigo

Peugeot 208 2017

Facelift, novos motores e versão GT Turbo

A Peugeot do Brasil lança a linha 2017 do seu hatch compacto 208 - modelo que traz um discreto facelift, novos motores - incluindo um 1.6 Turbo Flex de 173 cavalos na versão topo de gama GT - e novidades tecnológicas. Em termos estéticos o fato de o Peugeot 208 já ser um carro muito bem resolvido dificulta alterações, e por isso a alteração na linha 2017 é bastante discreta: há um novo para-choque dianteiro, faróis e lanternas com novo desenho.

Na dianteira, os faróis receberam canhões elípticos para o farol baixo na versão topo de gama, enquanto na traseira há novas disposições dos elementos de iluminação - são as mesmas usadas na versão européia do carro.

Mecânica
As maiores inovações da linha 2017 do Peugeot 208 estão nos motores. A versão topo de gama agora se chama Peugeot 208 GT e passa a vir com o motor 1.6 THP Turbo Flex de 173 cavalos - o mesmo propulsor que equipa o modelo topo de gama do Peugeot 2008. Já nos modelos intermediários a novidade é a substituição dos motores 1.5 de 93 cavalos pelo novo tri-cilíndrico 1.2 Pure Tech com 90 cavalos. Já o motor 1.6 16V Flex de 122 cavalos é mantido nas versões intermediárias. Todas as configurações mecânicas receberam classificação "A" do INMETRO.

Itens de série
A Peugeot ainda não divulgou listas de itens e preços, mas já informou que a gama de equipamentos é similar à dos modelos 2015, ou seja, mantém ar-condicionado, vidros - travas - retrovisores elétricos, direção com assistência elétrica em todas as verões. O modelo intermediário, o Active Pack 1.2 tem como novidade a inclusão de airbags laterais e ar-condicionado com duas zonas de climatização. O câmbio automático permanece a versão de quatro marchas, adiando, por enquanto, a adoção da transmissão automática de seis marchas no Brasil.

Peugeot 208 GT
A versão mais interessante do novo Peugeot 208 é a GT, cujos preços ainda não foram divulgados, mas estima-se algo entre R$ 75.000 reais - básica, sem opcionais - e R$ 80.000 reais no modelo completo, trazendo ar-condicionado digital de duas zonas de climatização, controle de estabilidade.

O Peugeot 208 GT recebeu especial atenção da marca na modulação do som do motor, que é grave. Além disso, é possível ouvir o ruido de admissão da mistura ar-combustível e posterior despressurização - indicando que se trata de um carro de alta performance. Na parte estética, o Peugeot 208 GT traz rodas diamantadas de 17 polegadas, detalhes vermelhos na grade do radiador, pedaleiras esportivas, bancos em couro com costura aparente e volante de base achatada.

Há também quadro de instrumentos com luzes vermelhas de LED, e como novidade o interior ganhou painel revestido de material emborrachado, assim como o forro das portas - reforçando o aspecto de requinte interno. Já os aperfeiçoamentos na parte mecânica não ficam restritos ao motor. O Peugeot 208 GT ganhou freios a disco nas quatro rodas, molas e amortecedores com nova calibração - compondo um ajuste mais firme e esportivo.

A transmissão do Peugeot 208 GT é uma caixa manual de seis marchas, que associado ao motor 1.6 Turbo consegue acelerar o modelo de 0 a 100 Km/h em 7,8 segundos com etanol. A aceleração de 0 a 160 Km/h é feita em 19,4 segundos, retomando de 80 a 120 Km/h em 6,6 segundos (usando a 4a. marcha).

Conclusão
A linha 2017 do Peugeot 208 traz importantes inovações em termos mecânicos para as versões de entrada (novo motor 1.2 12V de 90 cv) e para o topo de gama (motor 1.6 Turbo de 173 cavalos com etanol), pequenas alterações estéticas e melhorias internas. Fonte: CarBlog



Clique aqui, curta a fanpage do INFOCARRO no Facebook e fique por dentro das principais notícias automotivas.
Siga o INFOCARRO no TWITTER: @INFOCARRO

Fotos:

Comentários:

Clique aqui e seja o primeiro a comentar esta notícia!
Comente Comente esta notícia |Compartilhe Compartilhar no Facebook Twitter Instagram Indicar para amigo
Veibras

Infocarro nas redes sociais